Pousada Chácara Putini

Estrada do vinho

A fama da ‘terra do vinho paulista’ começou quando imigrantes portugueses e italianos lotaram de parreiras as encostas de São Roque. As uvas, de variedades não viníferas como isabel, niágara, lorena e bordô, são processadas aqui e dão origem aos chamados vinhos de mesa, de qualidade inferior e sabor menos complexo.

As vinícolas ficam ao longo da Estrada do Vinho, via de 10 km que lota aos fins de semana. A Góes é a única da cidade que cultiva cabernet sauvignon. Com a melhor estrutura, a vinícola tem visita gratuita à produção (de segunda a sexta sob agendamento; sábado e domingo das 10h às 16h) e promove a Festa da Vindima, entre janeiro e fevereiro, quando os turistas participam da colheita da uva e da produção do vinho.

Além da Góes, os melhores pontos de venda são: Canguera, Palmares, Palmeiras, Real D’Ouro e Bella Aurora. Na hora da fome, a dica é a Cantina Tia Lina.

vinho